Ouro Branco

Ouro Branco foi fundada em 16 de julho de 1905 por Cirilo de Souza, conhecido por “Velho do Poção”, e Manoel Correia do Cobiçado. Seu reconhecimento formal, instalação do Povoado do Espírito Santo — antigo nome de Ouro Branco — deu-se com a inauguração da primeira feira organizada por seus dois fundadores.

Em 1920 o nome mudou de “Espírito Santo” para “Ouro Branco”, sinônimo literário do algodão mocó, dada a relevância da cotonicultura para economia do município na época. Entre 1944 e 1948 a vila mudou de nome novamente, tornando conhecida por “Manairama”, motivado pelo poeta Manoel Felipe da Costa Filho, que através de seus versos fazia comparações do algodão com o maná em rama. Em 23 de dezembro de 1948 pela lei nº 146, volta a denominação de “Ouro Branco”.

A cidade tornou-se emancipada politicamente, (antes vila pertencente à Jardim do Seridó) em 21 de novembro de 1953, tendo Luiz Basílio como um dos principais mediadores do processo de emancipação política de Ouro Branco, contando com o apoio do então deputado estadual João Guimarães, patrono do projeto de criação do município, que encontrou resistência dentro da Assembleia Legislativa para aprovação do projeto.

Francisco Lucena de Araújo Filho – Dr. Araújo – (Médico, Ex-Prefeito, Ex-Vereador e atual Vice-Prefeito da cidade), exclama na primeira parte do primeiro parágrafo do prefácio do Livro “Ouro Branco: de 1722 a 1954”: Ah! Se eu pudesse falar a língua dos anjos a recitar do cume da “Serra do Poção”, contemplando a bela cidade de Ouro Branco, o entoar de todos aqueles que fizeram nossa história. No livro acima citado o escritor ourobranquense José Fabrício de Lucena narra, livre dos mitos e das lendas, prezando por dados históricos a história de Ouro Branco no período proposto.

Síntese das Informações

Área territorial

253,210 km²   [2018]

População estimada

4.812 pessoas   [2018]

Densidade demográfica

18,55 hab/km²   [2010]

Escolarização 6 a 14 anos

96,9 %   [2010]

IDHM Índice de desenvolvimento humano municipal

0,645   [2010]

Mortalidade infantil

16,39 óbitos por mil nascidos vivos   [2017]

Receitas realizadas

16.577,50632 R$ (×1000)   [2017]

Despesas empenhadas

13.465,78753 R$ (×1000)   [2017]

PIB per capita

9.002,32 R$   [2016]

Prefeito(a):

Maria de Fatima de Araújo da Silva