São João do Sabugi

O local onde hoje ocupa o município, já fora ocupado por índios Cariris, expulsos pelos portugueses após a Guerra dos Bárbaros. Seus primeiros colonizadores foram Francisco Barbosa, José Barbosa Diniz, Antônio Martins do Vale, alferes Pascoal Rodrigues do Vale e suas respectivas famílias, após concedidas sesmarias às margens do rio Sabugi, no ano de 1786. O município se consolida a partir de 1832, quando foi construída a capela de São João Batista em terras doadas por Ana Joaquina, situadas na Fazenda São João. Em 1855, é construída sua primeira escola; até que em 1868, o povoado foi elevado à categoria de distrito, com o nome de São João do Príncipe. Em 1890, o nome fora alterado para São João do Sabugi, em referência ao rio. Quando em 1948, o Decreto-Lei n º 146, de 23 de dezembro, criou, como território desmembrado de Serra Negra do Norte, o município de São João do Sabugi, em sua configuração atual.

Síntese das Informações

Área territorial

277,011 km²   [2018]

População estimada

6.179 pessoas   [2018]

Densidade demográfica

21,38 hab/km²   [2010]

Escolarização 6 a 14 anos

96,9 %   [2010]

IDHM Índice de desenvolvimento humano municipal

0,655   [2010]

Mortalidade infantil

28,99 óbitos por mil nascidos vivos   [2015]

Receitas realizadas

15.486,40741 R$ (×1000)   [2017]

Despesas empenhadas

15.011,71961 R$ (×1000)   [2017]

PIB per capita

8.233,76 R$   [2016]

Prefeito(a):

Lydice Araújo de Medeiros Brito