São Vicente

O município de São Vicente surgiu às margens do Riacho da Luíza, cujo nome foi dado em homenagem a uma velha índia cariri que habitou na região antes de 1726.

Por ser uma região tradicionalmente agrícola, aproveitada pelos aborígenes em grandes plantações de milho, em determinado momento histórico, mereceu o nome de Milharada dos Gentios.

Em 9 de janeiro de 1719 a região era detalhada em Sesmaria sob a titularidade de Gervásio Pereira de Morais, compreendendo o Riacho das Milharadas dos Gentios e o Riacho de Olho D’água das Pedras, a Serra do Quinqüê e outros toponímios.

Em 1787 a região se apresenta como de propriedade de Domingos Alves dos Santos.

A fundação da municipalidade, todavia, é atribuída a Joaquim Adelino de Medeiros, conhecido por Capitão Cocó e casado com Vicência Maria da Conceição.

A fazenda Luíza, do citado capitão, continha grande, robusta e antiga quixabeira (tombada pela força da natureza em 1958), sob a qual viajantes, comerciantes e moradores reuniam-se, dando início a um pequeno mercado.

Casas começaram então a ser construídas, facilitando, inclusive a vida daqueles que tinham negócios a realizar entre Florânia e Currais Novos.

Uma capela foi erguida, sob o regime de mutirão, em 1898, homenageando São Vicente Férrer.

Em 31 de outubro de 1938, o povoado ao redor daquela quixabeira foi considerado legalmente um Distrito do município de Florânia, chamado São Vicente.

Entretanto, em 1943, o Distrito teve seu nome alterado para Luíza, voltando a ser São Vicente, após cinco anos, e em 11 de dezembro de 1953, torna-se município autônomo do Rio Grande do Norte (Lei Estadual nº 1.030 de 11 de dezembro de 1953).

Síntese das Informações

Área territorial

197,817 km²   [2018]

População estimada

6.397 pessoas   [2018]

Densidade demográfica

30,47 hab/km²   [2010]

Escolarização 6 a 14 anos

92,5 %   [2010]

IDHM Índice de desenvolvimento humano municipal

0,642   [2010]

Mortalidade infantil

28,99 óbitos por mil nascidos vivos   [2015]

Receitas realizadas 16.747,53358 R$ (×1000)   [2017]
Despesas empenhadas

15.285,71487 R$ (×1000)   [2017]

PIB per capita

9.101,98 R$   [2016]

Prefeito(a):

Iracema Pereira de Lima Campelo